31 2138-2900





PROJETO “MÃOS QUE SALVAM” CAPACITOU 600 ESTUDANTES PARA ATENDIMENTOS DE PRIMEIROS SOCORROS


Professores e alunos colhem resultados muito positivos sobre efetividade da transmissão do conhecimento tratado no projeto de extensão

Qualquer um de nós pode vir a presenciar uma situação de emergência, por isso, estar preparado para agir é essencial. O atendimento inicial dado a vítimas em situações de risco, antes da chegada de um profissional de saúde especializado pode ser decisivo para evitar a morte ou possíveis sequelas no paciente. Entre as orientações básicas neste tipo de atendimento está o acionamento imediato de profissionais especializados, como socorristas do SAMU e do Corpo de Bombeiros. Porém há procedimentos indicados que podem ser feitos por qualquer pessoa instruída por essas técnicas, sem a necessidade do especialista, como por exemplo a manobra de reanimação cardiorrespiratória.

Alunos da Escola Estadual Padre José Senabre estão capacitados a atender os primeiros socorros

O município de Vespasiano não conta com o serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), por isso o projeto de extensão da FASEH “Mãos Que Salvam”, elaborado por docentes de Medicina, capacita agentes comunitários de saúde e estudantes do ensino médio da região para realizar manobras de primeiro atendimento e suporte básico de vida. “Os agentes de saúde estão em contato constante com a população e, na ausência do SAMU, precisam estar capacitados para prestar os primeiros socorros”, afirma o professor Daniel Fernandes, que orienta os alunos de medicina no projeto.

O projeto começou em 2018 e no primeiro semestre, os alunos do curso de medicina da FASEH foram preparados por meio de um treinamento massivo em competências procedimentais e atitudinais necessárias para as primeiras medidas de suporte básico de vida.

Acadêmicos de Medicina da FASEH dão aulas de primeiros socorros em escola pública de Vespasiano

Após atingir um nível de excelência e se tornarem aptos a instruir outras pessoas, os alunos passaram a ensinar as técnicas de primeiros socorros aos estudantes da Escola Estadual Padre José Senabre, onde, na última semana, já foram treinados 600 alunos que que estudam no turno da manhã, do 7º ao 9º ano. Com índice de aproveitamento alto e uma taxa de sucesso de mais de 85% nas práticas, o professor Daniel Fernandes considera que os alunos absorveram bem o conhecimento. Outro dado de destaque é a taxa de 100% de acerto dos alunos na manobra de reanimação cardiorrespiratória.

Para o mês que vêm, o projeto Mãos Que Salvam dará continuidade às aulas para capacitar mais 600 alunos da Escola Padre José Senabre.

 

RUA SÃO PAULO 958, Jardim Alterosa - VESPASIANO - MG CEP 33200-664
CONTATO 55 (31) 2138-2900